Não passei no SISU: o que fazer? 2020

Não passei no SISU

É muito comum as pessoas ficarem perdidas após os resultados da classificação do Sistema de Seleção Unificado. Elas se perguntam: “Não passei no SISU. O que faço agora?”, “Quais são as alternativas ao SISU?” ou “O quer fazer? Perdi a data do SISU”.

Mas não se preocupe. Se por algum motivo você perdeu a data de inscrição do SISU ou então não foi classificado como aprovado no curso escolhido, saiba que há outras possibilidades também.

E, essas demais alternativas podem te ajudar a não só a conseguir um desconto utilizando a sua nota do ENEM, você também será capaz de conseguir bolsas integrais de 100% ou financiamento completo da sua graduação.

Os programas que vamos citar aqui, assim como o SISU, são programas governamentais e de gratuito acesso. Basta atender aos requisitos de cada um para você fazer parte.

Alternativas ao SISU (Sitema de Seleção Unificado)

Abaixo listamos algumas alternativas ao Sistema de Seleção Unificada para que você possa analisar e escolher a que mais atende as suas necessidade e combina com o seu perfil.

Lembre-se que são todos programas criados pelo governo com o intuito de auxiliar os estudantes na conquista de uma vaga de graduação no ensino superior. Portanto, são confiáveis e vale a pena dar uma conferida antes de começar a sua vida acadêmica.

ProUni

Através do Programa Universidade Para Todos (Prouni) você pode conseguir bolsas de estudos de 50% ou 100% em instições privadas de ensino, e o seu processo de seleção é bem similar ao do SISU.

A maior diferença entre SISU e ProUni são os destinos das suas vagas. Enquanto o Sistema de Seleção Unificada oferta vagas paga instituições públicas de ensino superior, o Programa Universidade Para Todos apresenta bolsas de estudos para cursos em faculdades privadas.

Para participar do ProUni você irá precisar utilizar a sua do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) do ano anterior. Por exemplo, se você quer se inscrever no SISU 2020, obrigatoriamente você deve ter realizado a prova do ENEM 2019.

Fies

Por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), você poderá financiar a sua gradação completa numa instituição de ensino privada. Você pode solicitar e negociar o financiamento do seu curso das mais variadas formas possíveis, com um juro fixo, de 6,5% ao ano.

Dá para financiar de 10% do valor até 100%, onde você irá pagar após a conclusão da graduação, com um prazo de carência de 18 meses.

Se quiser fazer a simulação do seu financiamento estudantil utilizando o Fies, basta acessar a sua página oficial de simulação.

Leia também: Sites para fazer simulados do Enem

Lá tem com alterar a quantidade de semestre do curso, o número de semestres concluídos (deixe em zero se ainda vai começar o curso), o tipo de bolsa (se é 25%, 50% ou outra), a porcentagem de financiamento (de 0 a 100) e o valor da mensalidade cobrado pela faculdade que você escolher fazer.

Conclusão – Programas parecidos com o SISU

Mesmo que você não tenha conseguido uma vaga de um curso de graduação na instituição de ensino pública desejada através do Sistema de Seleção Unificada, existem outras possibilidades de se inserir no ensino superior.

  • ProUni: oferece bolsas de estudos parcial de 50% e integral de 100%, para cursos de graduação em faculdades privadas.
  • Fies: possibilita um financiamento estudantil para cursos de graduação pagos, com juros abaixo da média do mercado.

Ambos os programas citados, da mesma forma que o SISU, são ofertados pelo Governo Federal do Brasil e possuem livre acesso de todos, desde que atendam ao que é requerido por cada um deles.

Para participar do ProUni ou do Fies, você precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio e obtido ao menos 450 pontos na sua média geral sem zerar a redação.

Não perca as novidades!